Províncias

Vítimas das chuvas recebem habitação

Dionisio David| Ondjiva

As 1.600 casas destinadas aos sinistrados das cheias dos últimos quatro anos, em construção, na localidade de Nahumba, arredores da cidade de Ondjiva, província do Cunene, vão ser entregues em finais de Dezembro deste ano.

As 1.600 casas destinadas aos sinistrados das cheias dos últimos quatro anos, em construção, na localidade de Nahumba, arredores da cidade de Ondjiva, província do Cunene, vão ser entregues em finais de Dezembro deste ano.
O governador provincial do Cunene, António Didalelwa, anunciou ontem o facto na cerimónia de inauguração do edifício do núcleo da Assembleia Nacional, salientando que as obras estão em fase final.
As obras foram adjudicadas em grande parte a empresas locais de construção que têm mostrado empenho para respeitar os prazos fixados. O governador provincial referiu que o maior número das habitações está nos bairros Cashila e na localidade de Onahumba, na preferia da cidade de Ondjiva.
António Didalelwa lembrou que a entrega das habitações aos sinistrados vai ajudar a melhorar a vida das comunidades. O governador disse que face às consequências que as cheias têm causado às populações, na cidade de Ondjiva, sedes municipais do Cuvelai, comunas de Cubati, Mupa e Humbe, o Governo Provincial e as administrações têm concebido planos de emergência para acudir aos cidadãos, em caso de calamidades naturais.
António Didalelwa informou que o plano de contingência contém aspectos relacionados com a segurança das populações, em caso de necessidade de envacuar.

Tempo

Multimédia