Províncias

Cunene tem falta de medicamentos

O programa de luta contra a tuberculose na província do Cunene está, desde Dezembro, sem abastecimento de medicamentos da primeira fase, disse, no sábado, à Angop, em Ondjiva, o seu supervisor.

O programa de luta contra a tuberculose na província do Cunene está, desde Dezembro, sem abastecimento de medicamentos da primeira fase, disse, no sábado, à Angop, em Ondjiva, o seu supervisor.
Esta situação, frisou, constitui grande preocupação para o programa, tendo em conta que os doentes são obrigados a adquirirem os medicamentos nas farmácias para o tratamento na primeira fase, que é de seis meses para as crianças e de oito para os adultos.
 O supervisor afirmou que continuam a registar-se novos casos de tuberculose nos municípios, lembrando que com a falta de medicamentos a doença desenvolve-se mais rapidamente O programa provincial de luta contra a tuberculose registou, no ano passado, 940 novos casos da doença, contra 1.460 em 2008.

Tempo

Multimédia