Províncias

Dande comemora mais um aniversário

Alfredo Ferreira| Caxito

O município do Dande, um dos seis da província do Bengo, completa 84 anos no dia 25, com notáveis sinais de crescimento de infra-estruturas básicas e melhoria dos serviços prestados à população.

Município do Dande aos poucos ocupa um lugar estratégico na balança económica da província do Bengo tendo em conta o nível de desenvolvimento
Fotografia: Edmundo Eucílio| Caxito

Para saudar a efeméride, estão agendadas diversas actividades, com destaque para campanhas de limpeza e embelezamento, feira de produto diversos, actividades desportivas e recreativas.
Munícipes ouvidos pelo Jornal de Angola manifestaram-se satisfeitos pelo grau de desenvolvimento do município nos últimos anos.
João de Gouveia disse que aos poucos o município do Dande ocupa lugar estratégico na balança económica da província do Bengo, devido à sua localização num dos principais eixos rodoviários de ligação entre várias regiões do país.
“É a primeira vez que comemoramos a data do nosso município, desde que foi fundado, pois no passado participávamos nas festas dos outros municípios”, sublinhou.
Maria Branco referiu que as mudanças em vários domínios estão à vista de toda a gente e citou a construção de mais escolas, postos de saúde, melhoria do sistema de abastecimento de água e energia eléctrica, saneamento básico, reabilitação das vias e outros serviços básicos.
O administrador municipal, Mateus Diogo, adiantou ao Jornal de Angola que o município cresceu bastante, quer em infra-estruturas como socialmente.  Destacou, entre outras obras, a reabilitação de 23 quilómetros de estrada. Este ano é construída uma nova central de captação, tratamento e abastecimento de água à cidade de Caxito e que as obras da rede de esgoto, centro de captação de água de Porto Kipiri e do mercado municipal decorrem sem sobressaltos.  O mercado vai dispor de naves para o comércio de produtos agrícolas, vestuário, calçado, bebidas, electrodomésticos, materiais de construção e outros produtos. Quanto à Educação, o administrador disse que no ano lectivo de 2014 o município do Dande vai contar com mais 40 salas de aulas, para servir mais de 4.200 alunos.
O município do Dande conta com 138 escolas de vários níveis e cerca de três mil professores. No ano lectivo passado foram matriculados 40 mil alunos, cifra bastante significativa para o plano estratégico de erradicação do analfabetismo até ao ano de 2015. “Já não temos tantas preocupações em relação à inserção de todas as crianças em idade escolar no sistema de ensino, mas vamos continuar a prestar uma especial atenção no tratamento dos casos que possam surgir, para que este direito básico seja assegurado a todas as crianças”, disse.

Luta contra malária e pólio


Quanto à saúde, o administrador mostrou-se preocupado com o elevado número de casos de malária, com o registo de cerca de 5.100 casos durante o ano passado.
Neste período foram realizadas três jornadas de vacinação contra a pólio, que beneficiaram mais de 106.500 crianças.
Os Centros de Saúde do Panguila, Quicabo e do Úcua receberam ambulâncias. O município do Dande controla cerca de 40 unidades sanitárias.

Tempo

Multimédia