Províncias

Defendida higienização do pescado

João Upale | Moçamendes

O vice-governador do Namibe para a Esfera Económica recomendadou na sexta-feira, na cidade de Moçâmedes, mais cuidado com a higiene na captura, tratamento e processamento de pescado.

Alcides Gomes Cabral falava na abertura do terceiro fórum Usina de Ideias, que tem como objectivo melhorar o sistema de pesca artesanal e protecção da biodiversidade, fazendo com que todos os envolvidos respeitem “políticas adaptadas ao contexto local, como forma de garantir o controlo da exploração dos recursos e criar premissas para uma efectiva utilização sustentável dos mesmos”.
O fórum, organizado pela organização não governamental COSPE e o Governo do Namibe, faz parte do projecto GLOB (Governação Local para a Biodiversidade) e é financiado pela União Europeia.
Os participantes analisaram, entre outros documentos, os projectos-piloto e mecanismos de coordenação. No final do encontro, foi divulgado um documento onde constam recomendações sobre as condições de higiene e sanitárias nos locais de processamento de pescado, construção de infra-estruturas apropriadas que se adequam à realidade presente, como por exemplo os mercados de peixe, a qualidade do processamento de peixe seco e o apoio material.

Tempo

Multimédia