Províncias

Defendida na região ajuda e protecção dos seropositivos

Adelina Mualimusi | Chiulo

A supervisora provincial do programa de prevenção e combate ao VIH/Sida no Cunene, Adelina Popyeinawa, reprovou ontem, na cidade de Ondjiva, a discriminação contra os portadores daquela doença infecciosa.

A discriminação está a ser combatida
Fotografia: JAIMAGEM

A coordenadora falava no âmbito das actividades  do Dia Mundial de Zero Discriminações, assinalado a 1 de Março em todo o Mundo.  Adelina Popyeinawa disse que a discriminação é inadmissível, porque os doentes merecem a consideração e o apoio da sociedade.
A supervisora provincial do programa de prevenção e combate ao VIH/Sida reprovou a segregação de que são alvo os portadores do vírus e os pacientes por parte de familiares e colegas de trabalho.
A doença só é contraída por transfusão de sangue contaminado, seringas infectadas e relação sexual não protegida, esclareceu Adelina Popyeinawa, acrescentando que não se transmite por abraço, aperto de mão, beijo e partilha de roupa, por exemplo.

Tempo

Multimédia