Províncias

Desabamento da ponte deixa Chiluage isolada

Kamuanga Júlia/Chiluage

A comuna de Chiluage, município de Muconda, está isolada do resto da província da Lunda-Sul, devido ao desabamento da ponte sobre o rio Luia há mais de dois meses, cuja via é a única que dá acesso à localidade.

Pontes obsoletas no país não têm resistido às enxurradas
Fotografia: José Cola | Edições Novembro

A situação está a forçar os habitantes locais a percorrerem seis quilómetros a pé, alguns com crianças às costas e utensílios à cabeça, para fazerem o transbordo do outro lado da ponte.
A comerciante Mónica Lemessa, que habitualmente circula na via, contou que, devido ao desabamento da ponte, a população paga quatro mil kwanzas pela passagem de táxi de Chiluage à sede do município de Saurimo, contra os 2.500 cobrados anteriormente.
A ponte metálica, construída há 13 anos, tem 12 metros de comprimento e seis de largura. O soba da localidade, João Martins, já solicitou, há algum tempo, ao Governo Provincial para a reabilitar a infra-estrutura devido ao estado débil que apresentava. De igual modo, apelou para a reabilitação dos 80 quilómetros do troço Muriege/Chiluage, para facilitar a vida da população que, às vezes, recorre à vizinha República do Congo Democrático RDC para trocas comerciais e em busca de assistência médica e medicamentosa.

Tempo

Multimédia