Províncias

Dezenas de jovens aprendem artes e ofícios

O Centro de Formação Profissional de Bula-Atumba recebeu, este ano, 138 jovens, que estão a frequentar cursos em diferentes especialidades.

Cursos de formação profissional têm grande aderência no município
Fotografia: Santos Pedro

O Centro de Formação Profissional de Bula-Atumba recebeu, este ano, 138 jovens, que estão a frequentar cursos em diferentes especialidades.
A informação foi prestada sábado à Angop pelo coordenador da instituição, Júnior Daniel Simão, que precisou que no centro são ministrados cursos nas especialidades de alvenaria, 30 formandos, carpintaria (30), serralharia (30), corte e costura e informática com 24 cada.
Júnior Daniel Simão disse também que o centro formou, durante o primeiro ciclo formativo de oito meses, 27 instruendos, de um conjunto de 138 inscritos.
Os cursos de artes e ofícios têm a duração de oito meses, enquanto que o de informática dura três meses. Prevê-se até ao final de 2010 formar mais de 190 jovens.Júnior Simão disse que a adesão de jovens ao centro profissional, o único no município, tem sido muito grande.
Devido à grande aderência, o ingresso nos cursos é feito através de selecção feita com base num teste de aptidão.Relativamente a inserção dos jovens formados no mercado de emprego, disse que na localidade não tem sido fácil.
O coordenador do centro de formação profissional apelou, por outro lado, os jovens naturais e amigos do município do Bula-Atumba a dedicarem-se mais à formação académica e profissional, para poderem participar na reconstrução e desenvolvimentoda circunscrição.
O centro de formação profissional do Bula-Atumba, criado em Agosto de 2009, tem dez formadores.
O município de Bula-Atumba dista 235 quilómetros a nordeste da cidade de Caxito, capital da província do Bengo.

Tempo

Multimédia