Províncias

Diarreias mortais

Pelo menos 107 pessoas  morreram na província do Kwanza-Sul, em 2009, vítimas de diarreias, informou ontem o chefe de departamento  provincial de Saúde Pública e Controlo de Endemias, Henrique Silvestre. 

Pelo menos 107 pessoas  morreram na província do Kwanza-Sul, em 2009, vítimas de diarreias, informou ontem o chefe de departamento  provincial de Saúde Pública e Controlo de Endemias, Henrique Silvestre. 
Durante o ano passado foram notificados 25.795 casos de diarreias na província do Kwanza-Sul. Henrique Silvestre  referiu que os municípios mais afectados foram os do Sumbe, Porto Amboim e Mussende, acrescentando que este número reflecte a falta de cuidados da população no tratamento da água e do lixo. 
Henrique Silvestre apelou à população para proceder ao tratamento da água e depositar o lixo em locais apropriados ou queimá-lo. “Se todos os cidadãos acatarem as recomendações da saúde pública teremos menos casos de doenças diarreicas e mortes na província”, concluiu.

Tempo

Multimédia