Províncias

Diminuem mordeduras de animais

Weza Pascoal | Menongue

Entre Janeiro a Maio foram registados 109 casos de mordeduras de cães vadios pelo Programa Alargado de Vacinação (PAV) do município de Menongue, província do Cuando Cubango, sem causar vítimas mortais.

Fotografia: JAIMAGENS

A informação foi prestada, ontem, pelo director municipal da Saúde, Carlos António Jonas, que acrescentou que comparativamente a igual período do ano passado houve uma diminuição de 101 casos de mordeduras, devido às campanhas de vacinação contra a raiva que têm estado a realizar.
O director municipal da Saúde sublinhou que apesar disto ainda se registam elevados casos de mordeduras de cães vadios em Menongue, porque existem muitos animais dispersos nas ruas e que proprietários não levam para serem vacinados.
Carlos António Jonas considerou importante a criação de um canil-gatil para o isolamento de animais com indícios da doença de raiva e o respectivo abate para não perigar a vida da população.

Tempo

Multimédia