Províncias

Diminuíram os casos de violência doméstica

Manuel Tomás | Quibala

A violência doméstica nas famílias diminuiu consideravelmente nos dois primeiros meses deste ano, no município da Quibala (Cuanza Sul), devido às campanhas de sensibilização junto das comunidades, afirmou ao Jornal de Angola a chefe da repartição municipal da Família e Promoção da Mulher, Ana Cambondo.

Panorâmica da capital do Cuanza Sul onde os casos de violência doméstica diminuem
Fotografia: Jornal de Angola

Esta redução é fruto das palestras realizadas nos bairros periféricos, onde está a ser amplamente explicada a Lei que condena a violência doméstica. Nas sessões de esclarecimento são abordados temas ligados ao combate ao analfabetismo das mulheres, o modo como deve alimentar-se a grávida, a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, como o VHI/Sida, entre outras questões.
Em Janeiro, não se registou qualquer caso, ao passo que em Fevereiro houve dois, sendo um de violência física e outro referente à falta de prestação de alimentação.
Ana Cambondo alertou os pais que tenham filhos sob responsabilidade de mães separadas que têm a obrigação de entregar uma mensalidade, subsídio de alimentação e prestar outros serviços, para proporcionar um crescimento saudável da criança, sob pena de serem responsabilizados judicialmente.

Tempo

Multimédia