Províncias

Direcção local da Mecanagro quer ampliar áreas de cultivo

Camuanga Júlia |Saurimo

A intenção de instalar escritórios e estaleiros da Mecanagro na Lunda-Sul foi manifestada por especialistas durante um encontro mantido com o governo, em Saurimo, considerando-a uma das apostas de vulto viradas para o relançamento da agricultura mecanizada na província.

Projecto visa aumentar a produtividade no âmbito do programa de combate à fome e à pobreza nas comunidades rurais
Fotografia: Dombele Bernardo

A intenção de instalar escritórios e estaleiros da Mecanagro na Lunda-Sul foi manifestada por especialistas durante um encontro mantido com o governo, em Saurimo, considerando-a uma das apostas de vulto viradas para o relançamento da agricultura mecanizada na província.
O director provincial da Agricultura, Carlos João Camuti, considerou que a instalação da empresa de Mecanização Agrícola contribui para a criação de novas áreas de cultivo e para o desenvolvimento da agricultura na província.
 Esta aposta, do seu ponto de vista, vai proporcionar a reabilitação de vias secundárias e terciárias, para atenuar as dificuldades de escoamento de produtos em áreas potencialmente produtivas do interior, com destaque para as de Alto Chicapa e Chassengue, no município de Cacolo, e Tambwe e Cabo-Catanda, no Muconda, reconhecendo a potencialidade dos solos aráveis da província, Carlos Camuti sublinhou a necessidade do seu aproveitamento implicar a utilização de máquinas para desenvolver as actividades que intervêm no processo de amanho da terra, possíveis com a presença da Mecanagro. Nesse sentido, foi recebida, no início do mês, "uma delegação de técnicos superiores daquela empresa, que trabalharam com o governo local no sentido de identificarem espaços para a montagem de escritórios e do estaleiro."

Tempo

Multimédia