Províncias

Docente lança livro sobre metodologia de investigação na Educação no Uíge

Nicodemos Paulo |Uíge

O professor universitário Dissengomoka Sebastião Alexandre apresentou, sexta-feira, ao público do Uíge, a sua mais recente obra científica intitulada "Metodologia de Investigação na Educação".

Professor do ISCED lançou obra que vai ajudar alunos em muitos trabalhos escolares
Fotografia: Santos Pedro

O professor universitário Dissengomoka Sebastião Alexandre apresentou, sexta-feira, ao público do Uíge, a sua mais recente obra científica intitulada "Metodologia de Investigação na Educação".
Na referida obra constam vários métodos aplicáveis às investigações para as ciências de educação.
Durante o acto de apresentação do livro, que decorreu no auditório do Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED), o autor referiu que a mesma “é uma tentativa de correcção e orientação dos jovens investigadores e estudantes na elaboração dos trabalhos de fim de curso, com vista a melhorar o rigor científico das obras”.
“As observações feitas aos trabalhos de licenciatura fizeram-nos crer que os estudantes têm dificuldade em definir o objecto a investigar e a obedecer a metodologia universalmente aceite”, referiu. O psicólogo defendeu, na ocasião, maior rigor científico na elaboração e apresentação dos trabalhos de fim de curso, em que os investigadores devem pautar pela observação e aplicação dos métodos de investigação e abandonarem a espontaneidade e o subjectivismo.
“Todo trabalho de investigação científica deve se ajustar ao rigor e objectividade que resulta da observação e aplicação de outros métodos de investigação, rejeitando desta forma todas as formas de espontaneidade e subjectivismo”, frisou. Manuel Zangala, subdirector do ISCED/Uíge para os assuntos científicos, valorizou a nova obra do professor Dissengomoka, que considerou uma mais valia para os estudantes, e não só.
Segundo o académico “o livro vai contribuir para o melhoramento do processo didáctico e na solução de vários problemas pedagógicos no ensino superior na região”.
“Este trabalho científico tem um importante valor para a nossa instituição, visto que a vocação do ISCED é instruir e ensinar a investigar para o melhoramento do processo didáctico. Deste modo vai contribuir para a solução de problemas pedagógicos e sociais”, realçou.
Dissengomoka Sebastião Alexandre é doutorado em psicologia de educação pela universidade do Minho-Portugal, autor de um vasto acervo bibliográfico onde constam obras como “A situação da mulher na região sul de Angola” - 1986, “Os processos cognitivos” - 1987, “A psicologia da enfermagem” - de 1995, “A psicologia e seus fenómenos históricos” - 1996 e “A psicologia filosófica Bakongo”, lançada em 2000.

Tempo

Multimédia