Províncias

Docentes do Bengo são capacitados na cidade de Caxito

Um total de 45 professores do I e II ciclo do ensino secundário da província do Bengo está a ser capacitado desde segunda-feira até sábado, na cidade de Caxito, sobre a disciplina de empreendedorismo.

O seminário, com a duração de cinco dias, está a ser orientado por técnicos do Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento da Educação (INIDE) com o objectivo de desenvolver competências científico/pedagógicas no ensino de empreendedorismo e metodologias para a sua aprendizagem.
A iniciativa visa ainda dotar os participantes de criatividade na utilização de diversas técnicas de ensino desta cadeira.
Desenvolver uma atitude positiva nos estudantes em relação ao empreendedorismo, negócio, promoção da criatividade e da inovação, bem como a autoconfiança dos jovens no desempenho das suas actividades constam igualmente dos propósitos da formação.
Os delegados ao encontro estão a abordar temas como “Contextualização de empreendedorismo na educação”, “Como criar o auto-emprego”, “Cultura empreendedora e dignidade do trabalho” e “Identificação de oportunidades e a gestão de actividades empreendedoras”.
O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia no Bengo, António Quino, disse que o empreendedorismo deve ser encarado como uma ferramenta eficaz e capaz  de estimular o mundo de negócios a todos os níveis, de forma individual ou colectiva.
Em qualquer país desenvolvido, ressaltou, são as iniciativas privadas que dinamizam as respectivas economias, porque fomentam emprego e geram novos postos de trabalho, criam riquezas e contribuem para o seu desenvolvimento.

Tempo

Multimédia