Províncias

Docentes do Uíge e Zaire com mais conhecimentos

Kayala Silvina |

O processo de ensino primário nas províncias do Zaire e do Uíge vai ser desenvolvido com o recurso às novas tecnologias de comunicação e informação, nos próximos tempos, com a execução do projecto “Meu Kamba”.

Acção formativa decorre desde ontem em Mbanza Kongo
Fotografia: Garcia Mayatoko | Edições Novembro | Mbanza Kongo

Para a materialização do programa, um grupo de 91 professores das escolas e gestores do ensino primário das duas províncias participam, desde ontem, na cidade de Mbanza Kongo, num seminário de capacitação sobre a matéria, com a duração de sete dias.
No quadro do programa de instalação de novas tecnologias de informação, pelo menos oito escolas do Zaire e do Uíge vão ser equipadas com 40 computadores, por cada uma das suas salas.
Os referidos computadores estão inseridos com conteúdos a serem leccionados nas disciplinas de língua portuguesa, matemática e  ciências da natureza.
O projecto “Meu Kamba” foi lançado em nove províncias com equipamentos e professores formados, devendo ser extensivo em todo o país.
O vice-governador do Zaire para o sector Político e Social, Rogério Eduardo Zabila, valorizou o projecto “Meu Kamba” e disse ser instrumento capaz de contribuir para o processo de aperfeiçoamento dos alunos em termos de conhecimentos teóricos e práticos sobre informática, de modo a elevar a qualidade do ensino e aprendizagem.
Para Rogério Zabila, o referido projecto vai permitir igualmente às crianças adquirirem, desde muito cedo, noções básicas de manuseamento de equipamentos e material informático, para a sua melhor inserção no mundo dos meios de comunicação.
Disse que o Estado angolano coloca recursos humanos e tecnológicos para garantir o ensino de qualidade aos alunos a nível das escolas do país.

Tempo

Multimédia