Províncias

Docentes universitários melhoram conhecimentos

Victor Pedro | Sumbe

Docentes universitários do Instituto Superior de Ciências de Educação do Sumbe e da Escola Superior da Universidade de São Paulo e do Paraná (Brasil) participam, desde ontem e até quinta-feira, no II seminário de formação de professores.

Estão em discussão na cidade do Sumbe vários temas que visam melhorar o processo de ensino e aprendizagema nas comunidades
Fotografia: Fernando Camilo | Sumbe

O seminário, que decorre sob o lema “O professor como agente promotor de valores”, tem como objectivo dotar os participantes de mais conhecimentos sobre Língua Portuguesa, História, Psicologia e Matemática.
Durante os dois primeiros dias de seminário os participantes discutem temas como as boas práticas de ensino de línguas, políticas, teorias e actuações culturais, a influência da língua materna no ensino da língua portuguesa, reflexões sobre escrita e leitura académica, línguas, aprendizagem e impasses, concepções de linguagem e seus desdobramentos e o ensino de português, experiências e desafios.
Outros temas marcam o encontro de docentes universitários de Angola e Brasil estão ligados à história oral, projectos de pesquisa, metodologia do ensino da história, considerações sobre o ensino da matemática, símbolos musicais, cientificidade da música samba, rap e funky, africanidades na musicalidade popular brasileira e representações de Angola no samba brasileiro. A decana Amélia de Jesus Sakongo, que procedeu à abertura do seminário, disse que é oportuno o encontro que junta docentes num mesmo recinto para partilhar conhecimentos que visam a superação e qualificação dos professores. “Acções do género passaram a ser prioridade e desafios para o Executivo angolano, o sector da educação e para o ISCED do Cuanza Sul em particular.”
Amélia de Jesus Sakongo referiu que actualmente a busca incessante pela qualificação profissional está presente na vida dos professores, que devem estar em constante actualização.  
O mercado de trabalho hoje, acrescentou,  procura profissionais melhor qualificados técnica e academicamente  e que estejam dispostos a enfrentar   desafios.

Desempenho dos professores

A representante do Brasil, Ana Silva, docente da cadeira de Psicologia de Educação, disse esperar que o seminário seja produtivo, pois é uma troca de experiências para engrandecer o conhecimento técnico, académico e científico dos dois países no ramo do saber.
Ana Silva reconheceu que encontros de docentes universitários mostram que existe interesse em melhorar continuamente o desempenho dos professores, factor que vai permitir que os resultados previstos sejam alcançados de forma satisfatória e abrangente. O seminário, orientado pela decana do Instituto Superior de Ciências  da Educação do Sumbe, conta com a presença  do decano da Escola Superior Pedagógica do Bengo, e com os vice-decanos para a área académica e científica do Instituto Superior de Educação do Sumbe. Participam também como convidados docentes da Escola Superior Pedagógica da Província do Bengo.

Tempo

Multimédia