Províncias

Empreendedores recebem formação no Cuanza Norte

Manuel Fontoura | Ndalatando

O Centro de Empreendedorismo e Serviços de Emprego (CLESE) de Ndalatando, no Cuanza Norte, formou, desde o ano passado, mais de 310 jovens, 237 dos quais apresentaram “projectos de negócios viáveis”, disse ontem o seu responsável ao Jornal de Angola.

Lourenço da Costa afirmou que “até agora” o CLESE registou  mais de 788 inscrições de candidatos a 590 ofertas de trabalho.
O CLESE destina-se essencialmente a jovens finalistas de licenciaturas, técnicos médios e recém-formados à procura do primeiro emprego e empreendedores que queiram expandir negócios.
Os cursos do CLESE, que têm a duração de três meses e são ministrados em três turnos, custam entre 20 e 30 mil kwanzas.

Tempo

Multimédia