Províncias

Ensino primário tema de debates em conferência

As autoridades de Cabinda estão a levar a cabo uma série de acções para elevar a qualidade do ensino primário, disse no final de semana  o secretário provincial da Educação, Ciência e Tecnologia.

Ernesto Barros André disse que a intenção assenta no facto de o ensino primário ser uma etapa decisiva da educação. Por isso, a secretaria da Educação, Ciência e Tecnologia, em parceria com o Projecto Sikola, realizou uma conferência sobre o tema  “Ensino Primário de Qualidade, Desafio à Participação de Todos”.
A conferência promoveu o diálogo, a troca de experiência, conhecimento e de práticas eficazes entre organizações estatais, académicas e da sociedade civil, para um ensino de qualidade.
O secretário provincial revelou que estão matriculados no ensino primário cerca de 99.000, distribuídos em 244 escolas. A escolarização abrange mais de 60 por cento dos alunos de todos os níveis de ensino de Cabinda. Ernesto Barros André reafirmou a necessidade de mais escolas, reforço da capacitação dos gestores da Educação a todos os níveis e a aprovação de um novo modelo de  avaliação dos professores.
O encontro debateu os temas “Ensino Primário de Qualidade da Pesquisa do Projecto Sikola” e “Educação de Qualidade: Criação de Melhores Condições de Aprendizagem (Inclusiva, Equitativa, Integral) e de Alocação dos Melhores Gestores e Professores”. Os participantes também abordaram o tema “Gestão da Educação para um Ensino Primário de Qualidade”.

Tempo

Multimédia