Províncias

Ensino superior chega à Chibia

Um núcleo do ensino superior de Ciências da Educação, vai funcionar em 2011, no município da Chibia, a 45 quilómetros a Sul do Lubango, na provincial da Huíla -  informou terça-feira à Angop, o chefe da Repartição Municipal da Educação, Rafael Manuel.

Jovens deixam de ser obrigados a abandonar a localidade para ter formação superior
Fotografia: Santos Pedro

Um núcleo do ensino superior de Ciências da Educação, vai funcionar em 2011, no município da Chibia, a 45 quilómetros a Sul do Lubango, na provincial da Huíla -  informou terça-feira à Angop, o chefe da Repartição Municipal da Educação, Rafael Manuel.
Rafael Manuel referiu que, neste momento, a direcção do ISCED do Lubango está a desenvolver acções, no sentido de definir os cursos a serem ministrados, assim como o corpo docente e administrativo, que deverá suportar o normal funcionamento do núcleo. O chefe da secção da Educação avançou, estar ainda em estudo, o preço das propinas e de outros serviços a prestar pela futura administração.  
Ainda segundo ele, o futuro núcleo, vai contar com seis salas de aulas, três para albergar o primeiro ano, e outras três, para os anos subsequentes. As aulas sendo ministradas em regime pós-laboral, uma vez que no período diurno, funciona o ensino geral.
"A iniciativa, surge na sequência do aumento do número de técnicos médios - muitos dos quais, obrigados a sistemáticas deslocações, à cidade do Lubango, para dar sequência aos estudos", disse.
Saliente-se que, a Chibia é o primeiro município da província a ter um núcleo do ensino médio, contando já muitos técnicos deste nível formados.
Com uma população estimada em 131.540 habitantes, o município da Chibia contou este ano lectivo com  109 escolas, sendo uma  do ensino médio, cinco escolas do primeiro ciclo e 103 escolas primárias. 

Tempo

Multimédia