Províncias

Ensino superior é uma conquista da independência

A abertura do ensino superior no Namibe, que permitiu o aumento do número de quadros na província, constitui uma das grandes conquistas da Independência Nacional, alcançada a 11 de Novembro de 1975 em 1975, disse ontem o director provincial da Juventude e Desportos.

Edgar Marcos Gabriel sublinhou, a propósito dos 40 anos da Independência Nacional,  que a abertura da Academia de Pescas e Ciências do Mar, em 2016, adicionada a três instituições do ensino superior já existentes, constitui um passo que vai contribuir para a formação de quadros nacionais capazes de desenvolverem o país.
“Isto é um sinal de que vamos ter, num futuro breve, jovens bem capacitados e preparados para as diversas intervenções. Começámos com o modelo de bacharelato e hoje temos licenciatura e dentro de pouco tempo temos o mestrado e doutoramento”, acrescentou.

Academia das Pescas

O começo do ano lectivo na Academia das Pescas e Ciências do Mar   no namibe responde  aos desafios em termos de formação académica e profissional de jovens da província e do país, e vai ao encontro da formação de estudantes de outros países africanos.

Tempo

Multimédia