Províncias

Escola de formação de professores coloca novos quadros no mercado

Vitória Quintas | Huambo

A Escola de Formação de Professores do Ensino Médio “Ferraz Bomboco” colocou, ontem, no mercado de trabalho, 368 quadros nas especialidades de matemática, física, história, geografia, biologia, química e língua portuguesa.

Jovens recebem diplomas preparados para leccionar em várias escolas
Fotografia: Victória Quintas

A Escola de Formação de Professores do Ensino Médio “Ferraz Bomboco” colocou, ontem, no mercado de trabalho, 368 quadros nas especialidades de matemática, física, história, geografia, biologia, química e língua portuguesa.
O director provincial da Educação, Felisberto Mona, disse que a escola de formação de professores foi criada com o propósito de formar docentes para as escolas do ensino primário e do primeiro ciclo do ensino secundário.
Felisberto Mona referiu que a qualificação académica e profissional que os finalistas acabam de obter vai permitir a integração dos mesmos no mercado de emprego, bem assim como a continuação da sua formação no ensino superior.
O professor deixou expressa a vontade da sua direcção no sentido de colaborar para o enquadramento dos finalistas, caso seja anunciada a realização de um concurso público.
“A formação destes quadros durou 5 anos, em vez de quatro. Isto deveu-se aos avanços da reforma educativa, cujo sistema na instituição entrou em vigor quando os mesmos estavam a frequentar a 10ª classe”, disse.

Tempo

Multimédia