Províncias

Escola primária para centenas de novos alunos

André Brandão | Ndalatando

Uma escola do primeiro ciclo com quatro salas foi inaugurada pelo vice-governador para a área técnica e infra-estruturas, Erlindo Lidador, na localidade de Catari, sector do Zavula.

Fotografia: Jornal de Angola

Além das quatro salas, o estabelecimento de ensino, que custou 29 milhões de kwanzas, dispõe de área administrativa, quartos de banho e uma cantina, e tem capacidade para acolher 280 alunos em dois turnos.
Erlindo Lidador disse que a Administração Municipal de Cazengo vai construir outras salas anexas, para ajudar a descongestionar as escolas já existentes. Está ainda previsto um conjunto de acções destinadas, num futuro próximo, a melhorar as condições de vida das populações, como a construção de postos médicos, reconstrução de estradas e apoio à agricultura.
O administrador da comuna da Canhoca, Joaquim João, disse estarem criadas as condições para que o ano lectivo decorra sem sobressaltos e lembrou que os alunos vão deixar de percorrer cerca de dez quilómetros entre Catari e Quissecula.
Para o sucesso escolar das crianças, pediu aos encarregados de educação para fazerem o acompanhamento devido dos seus educandos, de modo a permitir o estreitamento de relações entre encarregados, professores e a direcção de escola.
“O país precisa de quadros formados e capazes, para contribuírem para a sua reconstrução, por isso vamos denunciar os casos de corrupção. Pretendemos evitar cábulas e as faltas constantes, porque o ensino é um processo que exige a participação de todos”.

Tempo

Multimédia