Províncias

Escolas ministram línguas nacionais

O ensino das línguas nacionais nyaneka, umbundo e ngaguela nas escolas públicas do I ciclo dos 14 municípios da província da Huíla vai começar a vigorar a partir de 2019, no âmbito da valorização da identidade cultural, informou ontem, na cidade do Lubango, o coordenador provincial do Departamento de Ensino das Línguas Nacionais.

lìnguas nacionais leccionadas na base
Fotografia: DR

Ezequiel Ngolo referiu que o processo de inclusão das línguas nacionais nas escolas da circunscrição começou em 2008.

As línguas nacionais, ressaltou, têm grande importância na sociedade, por ser um meio de comunicação e de identidade cultural.
O responsável adiantou que o Departamento de Ensino das Línguas Nacionais da Huíla está a trabalhar para que até 2019 as escolas dos municípios de Chipindo, Caconda, Chicomba e Jamba, os únicos que não leccionavam a cadeira de Línguas Nacionais, passem também a ministrar esta disciplina.
Referiu que o ensino das línguas nacionais ainda não abrangeu os 14 municípios da província da Huíla por falta de professores.
Segundo Ezequiel Ngolo, a materialização desse processo visa resgatar muitos aspectos da cultura da região. Acrescentou que mais de 28 mil alunos, em 237 escolas, beneficiam de aulas de alfabetização, cujas lições são ministradas por 391 professores.

Tempo

Multimédia