Províncias

Especialistas recomendam planos directores para os municípios da província de Malange

O seminário sobre a urbanização e requalificação da cidade de Malange recomendou a elaboração de planos directores municipais que garantam o desenvolvimento económico e social dos municípios e a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

O seminário sobre a urbanização e requalificação da cidade de Malange recomendou a elaboração de planos directores municipais que garantam o desenvolvimento económico e social dos municípios e a melhoria da qualidade de vida das pessoas.
O evento recomendou também o licenciamento e fiscalização de obras particulares e outras medidas tendentes a minimizar o estado de degradação das infra-estruturas nos municípios.
O seminário sobre urbanização e requalificação da cidade de Malanje, que decorreu, na sexta-feira, no Quéssua, serviu para recolher contribuições  para a elaboração de um plano director para o desenvolvimento da região.
O seminário foi ministrado por técnicos nacionais e tratou de  matérias relacionadas com o planeamento, gestão e desenvolvimento urbano sustentado da cidade de Malange. Linhas gerais para a elaboração do plano director municipal de Malange, a problemática das infra-estruturas (rodoviárias, energéticas e águas, saneamento básico, telecomunicações e edifícios), a requalificação urbana e a participação comunitária da cidade de Malange foram temas abordados.
Foram ainda discutidos o modelo de arquitectura sustentável, habitação a custos controlados, instrumento jurídico e processos de transformação urbanística.
A iniciativa contou com a participação de membros do governo da província, administradores municipais, especialistas em urbanismo, arquitectos, engenheiros e outros quadros de Malange e de Luanda.
No acto de encerramento do encontro, o governador Boaventura Cardoso, afirmou que o governo provincial pretende criar uma cidade moderna, funcional, urbanizada e com outros aspectos que proporcionem melhor qualidade de vida aos moradores.

Tempo

Multimédia