Províncias

Estudantes protestam contra as drogas

Kamuanga Júlia | Saurimo

Cerca de 700 alunos de escolas do I e II ciclos marcharam em várias artérias da cidade de Saurimo, em protesto contra o aumento do consumo de drogas e de bebidas alcoólicas no seio da juventude local, respondendo a uma iniciativa da Associação da Lunda-Sul  de Luta Contra as Drogas e do Ministério da Juventude e Desportos.

O secretário provincial da Associação da Luta Contra as Drogas, Tito Augusto, disse na ocasião que a marcha serviu para passar a mensagem de que a Lunda-Sul está a combater com todas as forças o tráfico e consumo de drogas, “práticas que encaminham a juventude para o abismo.”
“O álcool é o  principal causador da toxicodependência. Estamos seriamente engajados a combater este mal e, para o efeito, contamos com a Administração Municipal de Saurimo, que projecta a construção de um centro de aconselhamento”, disse Tito Augusto.
O activista informou que o órgão que tutela tem encontros agendados com proprietários  de estabelecimentos comerciais e encarregados de educação, “com a perspectiva de reduzir o número de adolescentes que enveredam  para as drogas.”

Tempo

Multimédia