Províncias

Excursão pedagógica ao Uíge

Valter Gomes | Uíge

Um grupo de 29 alunos da 13.ª classe da Escola de Formação de Professores “Comandante Cuidado”, da província de Malanje, realizam até 24 do mês em curso uma excursão académica ao Uíge, para troca de experiências com alunos da Escola de Formação de Professores do Uíge e viverem de perto a realidade cultural da região.

Futuros professores trocam experiências
Fotografia: Valter Gomes | Uíge

Durante a permanência na província do Uíge, os futuros professores, que estão a ser formados nas especialidades de Geografia e História, Matemática e Física, Biologia e Química e Língua Portuguesa, na Escola de Formação de Professores de Malanje “Comandante Cuidado”, visitam as grutas do Nzenzo e a Lagoa do Feitiço.
No encontro com a vice-governadora  para o sector Político e Social, no anfiteatro da Escola de Formação de Professores do Uíge “Cor Mariae”, o professor Carlos Bernardo Muieba, que coordena o grupo de alunos, disse que o objectivo da visita é reforçar  os conhecimentos académicos e culturais dos futuros docentes.
A vice-governadora provincial para o sector Político e Social , Maria Fernandes da Silva, elogiou ontem a iniciativa da Escola de Formação de Professores de Malanje em promover a excursão à província do Uíge, “visto que no Uíge os alunos vão aprender muita coisa que não sabiam e que ajuda o seu crescimento académico, cultural, social e intelectual”. Maria da Silva encorajou os jovens a prosseguirem com o mesmo dinamismo na formação académica, mas não deixando de parte os ensinamentos dos mais velhos, visto que os adultos constituem a biblioteca viva para os mais novos e o país conta com o contributo dos jovens nos vários domínios.
“Ninguém pode fazer tudo sozinho e ninguém sabe tudo. A união e a partilha de conhecimentos fazem o homem que o país precisa ter para o seu desenvolvimento multissectorial”.

Tempo

Multimédia