Províncias

Falta de verbas impede a execução de obras no Bié

Delfina Victorino| Cuito

O director das Obras Públicas do Bié, Salomão Pascoal, informou, em entrevista ao Jornal de Angola esta semana, que pelas dificuldades verificadas na concessão de verbas muitas obras em curso na província acabaram por paralisar.

Fotografia: Arimateia Baptista| Edições Novembro

Salomão Pascoal disse que  algumas empresas que paralisaram a actividade já foram pagas. Quanto à construção de residências, o responsável das Obras Públicas disse que o município do Cuemba está a ser dos mais afectados, pela inacessibilidade das vias.
A construção de 50 fogos habitacionais nesta região do leste do Bié não foi concluída por esse facto, mas há uma empresa que auxilia agora o transporte de materiais.

 

 

Tempo

Multimédia