Províncias

Gestão do sistema educativo em debate

Tatiana Marta | Huambo

Chefes de repartições municipais, directores de escolas, representantes das organizações da sociedade civil e parceiros debateram sexta-feira, no Huambo, a gestão do sistema educativo, com vista a melhorar a qualidade desse serviço.

Os responsáveis das instituições escolares trocaram experiências para continuar a melhorar a gestão do sistema educativo
Fotografia: Santos Pedro

Durante o encontro, que serviu para apresentar o Plano Estratégico de Educação para o ano de 2015, bem como a discussão e recolha de contribuições para a implementação do Exame Provincial para o Segundo Ciclo do Ensino Secundário, o director provincial do sector,  Manuel Sampaio do Amaral, considerou a melhoria da gestão do sistema educativo como um compromisso de cada responsável de uma instituição escolar.
Para o êxito deste plano, o director provincial da Educação, Ciências e Tecnologia defende a formação e actualização permanente dos professores, que têm a responsabilidade de educar.
De acordo com Manuel Sampaio do Amaral, o Plano Estratégico de Educação foi concebido para ser aplicado a longo e médio prazo e envolve dirigentes a todos os níveis ou organizações.
“O plano tem uma missão que expressa as intenções educativas, alinhadas com as aspirações de cada instituição, e desta forma é necessário que busquemos os valores e a essência da educação que queremos”, disse. O plano é uma importante ferramenta de trabalho para o controlo e melhoramento do sistema educativo no país e na província do Huambo . Por isso, apelou à compreensão de todos os agentes envolvidos no processo, sobre a necessidade do seu empenho, como ponto de partida para a solução dos estrangulamentos que afectam o sistema educativo no país.
“Continuamos a defender que não basta criticar o sistema educativo, mas sim construirmos todos, e todos os dias, um sistema que garanta eficácia”, defendeu o pedagogo. Manuel Sampaio do Amaral referiu que o Plano Estratégico de Educação é um dos eixos de investigação científica.
De referir que na região estão a ser reabilitadas e construídas várias escolas, para que mais crianças sejam inseridas no sistema normal de ensino e aprendizagem.
As obras decorrem no âmbito do programa de aumento e melhoria da oferta de bens e serviços sociais básicos à população. 

Tempo

Multimédia