Províncias

Gestores de escolas em acção formativa sobre laboratórios

André Brandão | Ndalatando

Um total de 40 professores de Biologia, subdirectores pedagógicos e inspectores da Educação na província do Cuanza Norte participam, desde ontem, na Escola Eiffel, em Ndalatando,

num seminário de capacitação e formação em prática de laboratório de Química, Biologia e Informática, administração de gestão das escolas, criação e desenvolvimento de programas de ensino inovadores, no âmbito do programa da reforma educativa.
Na formação, patrocinada pela Missão Laica Francesa, participam 19 subdirectores e inspectores e 11 professores de Biologia, que vão ser orientados pelo formador francês, David Berthder, pesquisador do laboratório  CIRAD, na cidade de Montpellir, em França.
Na abertura do seminário, o director provincial da Educação, Ciências e Tecnologia, David Ferreira Bindanda, avançou que a realização de seminários de formação ao longo de cada ano lectivo representa uma necessidade de reforço da capacidade institucional, que se fundamenta na capacitação do pessoal docente, dotando-o de competências específicas, autonomia profissional e com responsabilidades colectivas e individuais, para responder a complexidade da realidade na qual trabalham na sala de aula ou fora dela.
“O processo de ensino e aprendizagem na área de Biologia deve promover a aquisição do conhecimento necessário ao desenvolvimento da consciência crítica, caracterizado pelo anseio de profundidade na análise de problemas”.

Tempo

Multimédia