Províncias

Gestores priorizam meios hospitalares para os pacientes

Gestores dos hospitais do município do Andulo, na província do Bié, foram aconselhados, ontem, pelo administrador municipal, a canalizarem a maior parte das verbas para a aquisição de medicamentos e alimentos para os doentes.

Ao falar á margem de um encontro com os responsáveis das unidades sanitárias, o administrador municipal do Andulo, Moisés Cachipaco, disse ser necessário que os responsáveis dos hospitais trabalhem com cuidado, dando sempre primazia à aquisição de medicamentos e alimentos para os enfermos.
“Os gestores devem tudo fazer para que os postos de saúde e hospitais tenham medicamentos  para  um atendimento digno às populações”, disse.
No município do Andulo, o sector da Saúde dispõe  de 37 unidades sanitárias, sendo 30 postos de saúde, três centros de saúde, um centro materno-infantil, um hospital municipal e dois hospitais missionários.
O município do Andulo, que dista a 130 quilómetros da cidade do Cuito, província do Bié, tem 258.161 habitantes.

Tempo

Multimédia