Províncias

Governador pede celeridade a empreiteiro de uma escola

O governador da província da Huíla, Isaac dos Anjos, determinou, quarta-feira, na cidade do Lubango, que a empreiteira local Abrunhosa Construções conclua, até 30 de Dezembro, a construção da escola do segundo ciclo do Lubango, que iciou há 21 meses.
Falando à imprensa, no final de uma visita às obras, o governante disse haver morosidade na conclusão dos trabalhos da infra-estrutura, cujo período para entrega era de um ano.

O governador da província da Huíla, Isaac dos Anjos, determinou, quarta-feira, na cidade do Lubango, que a empreiteira local Abrunhosa Construções conclua, até 30 de Dezembro, a construção da escola do segundo ciclo do Lubango, que iciou há 21 meses.
Falando à imprensa, no final de uma visita às obras, o governante disse haver morosidade na conclusão dos trabalhos da infra-estrutura, cujo período para entrega era de um ano.
Afirmou que, caso a empresa não conclua o projecto, até ao fim do ano, vai responder judicialmente, pois o Governo já atribuiu 50 por cento da verba. Isaac dos Anjos considerou prudente que o responsável da empresa cumpra o ultimato, uma vez que os encarregados de educação têm solicitado informações ao Governo, sobre o andamento da construção da escola, que tem 24 salas.
A escola vai acolher mais de mil alunos, que actualmente estudam no edifício da Universidade Mandume. A obra, que arrancou em Janeiro de 2008, a obra está orçada em 129.600.000 kwanzas. Está paralisada há nove meses.
Além das 24 salas de aulas, comporta área administrativa, casas de banho, pátio, jardins e outros compartimentos.

Tempo

Multimédia