Províncias

Governo busca estratégias para fomento da agricultura

Carlos Paulino e Lourenço Bule| Menongue

O Governo do Cuando Cubango prevê realizar nos próximos dias um seminário sobre a agricultura, no sentido de encontrar soluções que visam permitir aos camponeses produzir em grande escala, apesar da seca cíclica que tem assolado a província nos últimos tempos.

Cuando Cubango prevê produzir em grande escala, segundo o governador
Fotografia: DR

Este anúncio foi feito pelo governador, Júlio Bessa, durante o acto de entronização do rei Mwene Vunongue VIII, Manuel Dala, de 52 anos, em substituição do seu tio António Augusto Cambinda Kalilo “Mwene Vunongue VII”, falecido em Abril de 2018, vítima de doença.
Júlio Bessa disse que urge mobilizar a população da província para a auto-suficiência alimentar, “para que deixem de ser pedintes” por causa da seca.
“Devemos programar as coisas com antecedência, para encontrarmos caminhos que nos ajudem a desenvolver a agricultura sem qualquer constrangimento, tendo em vista que o Cuando Cubango tem um grande potencial em termos de recursos hídricos e terras aráveis para a produção agrícola em grande escala”, defendeu.
Durante a sua apresentação como o novo governador do Cuando Cubango, Júlio Bessa havia frisado que não irá se concentrar nos acontecimentos actuais, no que tange aos fenómenos naturais, visto que são recorrentes e imprevisíveis, tais como a chuva, seca e outras calamidades. “Por mais duras que as calamidades naturais sejam, é necessário que todos trabalhem para minimizá-las, preparando-se com antecedência para enfrentá-las”, disse, acrescentando que a província é rica em termos de recursos hídricos e terras aráveis.
O governador do Cuando Cubango garantiu que o Estado angolano, através do Governo da província, dará todo o apoio ao reinado de Mwene Vunongue VIII, para que o mesmo possa contribuir para o crescimento sustentável da região.
De acordo com o governante, é necessário trabalhar-se em conjunto e em harmonia, combater o tribalismo e mobilizar as populações para a auto-suficiência alimentar.
“Viemos honrar o processo de entronização e dar garantias de que o Governo tudo fará para apoiar os reinados a nível da província do Cuando Cubango”, asseverou.

Tempo

Multimédia