Províncias

Governo entrega viaturas aos antigos combatentes

Adolfo Mundombe | Huambo

O Governo da Província do Huambo ofereceu ontem 16 viaturas a antigos combatentes e veteranos da pátria, num reconhecimento aos esforços e dedicação durante a luta de libertação, que resultou em muitas conquistas, sendo uma delas o alcance da paz e da reconciliação nacional.

O governador do Huambo, Kundi Paihama, disse durante a entrega dos meios que a Pátria nunca pode pagar o sangue derramado pela luta justa em prol da Independência de Angola, porque  “a pátria aos seus filhos ordena”.
O Governo, na pessoa do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, tudo tem feito para proporcionar uma vida condigna a todos aqueles que, um dia, em defesa dos superiores interesses da nação, abdicaram de uma vida diferente para lutar pela liberdade dos angolanos, disse o governador.
“Este gesto que o Governo proporciona a todos vocês aqui presentes não significa qualquer compensação por tudo aquilo que deram em prol da nação. Significa, antes de tudo, que os governantes estão  atentos e preocupados com as vossas dificuldades e por isso vamos continuar a trabalhar para proporcionar aos antigos combatentes uma vida mais digna e justa, porque o que vocês fizeram por Angola não tem preço”, acrescentou

Projectos rentáveis

O director provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria no Huambo, José Manuel, disse que o gesto do Governo traduz o reconhecimento a todos aqueles que lutaram pela causa justa do povo angolano, visando minimizar os problemas que os afligem.
Macabeu Bango, antigo combatente e funcionário reformado, disse ao Jornal de Angola estar feliz por ser um dos contemplados. “Esta viatura vai ajudar a resolver muitos problemas com que me deparo, uma vezes que, como deficiente que sou, no passado não podia cumprir todos os planos que traçava em tempo oportuno”.
No Huambo, antigos combatentes têm sido também integrados em projectos rentáveis.

Tempo

Multimédia