Províncias

Governo lança programa para dinamizar turismo

Mário Clemente | Huambo

O Governo Provincial do Huambo traçou novas estratégias para o fomento e exploração de actividades turísticas, anunciou ontem o director local do Comércio, Hotelaria e Turismo.

Vários programas de impacto social foram criados para fomentar a actividade turística
Fotografia: Edições Novembro

Baudílio Vaz  disse que a Direcção Provincial do Comércio, Hotelaria e Turismo procedeu já ao  registo de 139 pontos turísticos, muito dos quais à espera de empresários para investir na região.
Baudílio Vaz  assegurou que o Governo está de portas abertas para acolher  empresários que queiram investir no sector.
Dados estatísticos apontam que a província do Huambo recebe anualmente, em média, sete mil turistas nos diferentes pontos de interesse da região.
Baudílio Vaz falava durante o conselho consultivo da  Direcção Provincial do Comércio, Hotelaria e Turismo, que definiu novas políticas e metodologias de actuação para dinamizar o sector e torná-lo mais sustentável.
Decorrida ontem, a reunião discutiu temas como o “Melhoramento de roteiros turísticos a nível da região”, “Plano director do turismo”, “Mapeamento das unidades hoteleiras inoperantes”, “Lei de privatização” , “Importância de formação dos operadores  na área do comércio” , “Prestação de serviços mercantis” e o “Valor social da multa”.
O secretário do Governo Provincial, Marlino Sambongue, referiu o conselho foi realizado num momento importante, em função da situação económica que o país atravessa e dada a importância que o sector tem de contribuir na diversificação da economia.
Marlino Sambongue avançou que o Executivo tem grandes desafios pela frente, mas está-se consciente de que os programas a nível do Comércio, da Hotelaria e da Turismo são fundamentais para a nossa economia e devem ser cumpridos.
O secretário do Governo Provincial acrescentou que os três sectores desempenham um papel preponderante na vida do país e da província do Huambo, em particular, uma vez que além de gerarem riquezas também criam postos de trabalho.
A Direcção Provincial do Comércio, Hotelaria e Turismo controla 5.296 unidades comerciais, entre  retalhistas, grossistas, comércio precário e pequenas lojas de conveniência.

Mais água potável


Cerca de 50 mil pessoas moradoras dos bairros Benfica, Makolokolo e Cambiote, arredores da cidade Huambo, vão ter acesso à água potável, dentro de dois, após a conclusão dos trabalhos de alargamento da rede pública de distribuição, anunciou ontem o director nacional das Águas.
Lucrécio Costa avançou que a consignação da empreitada, que vai durar 24 meses, aconteceu ontem e vai permitir a extensão da rede de fornecimento de água a mais 60 quilómetros.
As obras vão ser executadas por uma construtora chinesa, com um custo de cinco milhões de dólares, co-financiados pelo Executivo e o Banco Mundial.
Lucrécio Costa solicitou à empresa construtora o cumprimento dos prazos acordados, para que, após os 24 meses, os 50 mil moradores dos bairros acima avançados passem a beneficiar de água potável.
Em Março deste ano, foram entregues 19.310 ligações domiciliares de água potável, para beneficiar 135 mil pessoas residentes nos bairros São José, Vila Graça, Benfica, São Pedro, Calomanda, Bom Pastor, Camiliquinhento, Lissimo, Aviação, Santo António, Lossambo, Prédio da OMA, Santa Iria, Calombringo, Canata, Deolinda Rodrigues, Pilha Seca, Bairro Azul, Chiva, Camussumba e Académico.
O director nacional das Águas assegurou que, dentro das políticas de aproximação dos serviços essenciais básicos, o Executivo tem outros projectos em carteira, para que mais habitantes da província do Huambo beneficiem de água potável no mais curto espaço de tempo.
Enquanto isso, o responsável da Direcção Nacional das Águas apelou aos moradores das regiões já beneficiadas para preservarem os bens colocados à sua disposição, para que as autoridades governamentais se preocupem, também, com aquelas localidades que ainda estão à espera que sejam materializadas as referidas acções de impacto socioeconómico.

Tempo

Multimédia