Províncias

Grupo empresarial anuncia construção de casas no Huambo

O presidente do conselho da administração do grupo empresarial “Gema”, José Leitão da Costa, anunciou, quarta-feira, na cidade do Huambo, que a sua organização vai construir, nas reservas fundirias da província, mais de mil moradias, para ajudar a diminuir a carência de habitação na região.

O presidente do conselho da administração do grupo empresarial “Gema”, José Leitão da Costa, anunciou, quarta-feira, na cidade do Huambo, que a sua organização vai construir, nas reservas fundirias da província, mais de mil moradias, para ajudar a diminuir a carência de habitação na região. O anúncio do presidente do grupo foi feito no final de um encontro com o governador da província, Albino Malungo, durante o qual manifestou, igualmente, a necessidade da empresa investir nos sectores da Agricultura, Indústria e Comércio. “Consideramos positiva a abertura do governo local, o que vai permitir iniciar os investimentos em vários ramos, para o desenvolvimento da região, bem como na construção de escritórios, cujo valor será anunciado no início das obras”, disse. O vice-governador para área produtiva do Huambo, Henrique Barbosa, considerou positiva a pretensão de investimento nos vários sectores, o que vai contribuir para o desenvolvimento, principalmente no pólo da Caála, e criar novos postos de trabalho para os cidadãos. O vice-governador assegurou que o Governo da província tem como prioridade o desenvolvimento do Pólo Industrial do Município da Caála, construir moradias nas reservas fundiárias, reabilitação dos sistemas de água e no sector da agricultura, para a melhoria da qualidade de vida da população.

Tempo

Multimédia