Províncias

Hallo Trust clarifica terrenos

Delfina Victorino | Kuito

Ao todo, 106.800 metros quadrados de campos, incluindo a redução de risco de minas num espaço de 282 quilómetros de estradas, foram clarificados pela organização não governamental britânica Hallo Trust, anunciou o chefe das operações no Bié, João Baptista.

Ao todo, 106.800 metros quadrados de campos, incluindo a redução de risco de minas num espaço de 282 quilómetros de estradas, foram clarificados pela organização não governamental britânica Hallo Trust, anunciou o chefe das operações no Bié, João Baptista.
Com o objectivo de incentivar a prática da agricultura e dar prioridade ao projecto do fomento habitacional, a organização intensificou, no último trimestre, a actividade nos municípios do Andulo, Kunhinga, Catabola e Cuemba.
O responsável sublinhou que 13 secções manuais permitiram a remoção de 207 minas anti-pessoais e 15 anti-tanques e a destruição de 484 engenhos não detonados.
O chefe das operações da Hallo Trust disse que 334 pessoas foram sensibilizadas sobre os cuidados a ter com as minas e a cooperar com as entidades competentes sobre suspeitas de objectos estranhos.
João Baptista afirmou que, com o trabalho intenso de desminagem realizado nos últimos anos, há possibilidade de existir ainda um número considerável de minas, por isso, é necessário continuar a investigação, principalmente nos municípios mais longínquos.
João Baptista explicou que nesta época as chuvas têm influenciado a realização e intensidade do trabalho que se pretende efectuar. Por isso, há necessidade de continuar com a desminagem nas mesmas localidades, por motivos de certificação.

Tempo

Multimédia