Províncias

Hospital construído em 2014 é equipado este ano

Elautério Silipuleni | Ondjiva

O ministro das Finanças, Archer Mangueira, disse, na cidade de Ondjiva, província do Cunene, que o Hospital Municipal do Cuanhama, cujas obras foram concluídas em 2014, vai ser apetrechado ainda este ano, por meio da Linha de Crédito da China.

Ministro das Finanças, Archer Mangueira
Fotografia: DR

Archer Mangueira, que falava durante uma visita à unidade sanitária, disse que a infra-estrutura faz parte de um leque de oito hospitais construídos no país, que este ano vão beneficiar de equipamentos técnicos e mobiliário.
Para a aquisição destes materiais, o governante fez saber que vão ser disponibilizados 30 milhões de dólares, quantia que vai servir também para equipar centros médicos em vários municípios do pais.“Estas unidades sanitárias que vão ser equipadas pela linha de crédito chinesa foram construídas há já alguns anos, mas só agora está garantido o montante para o efeito”, disse o ministro.
A nova infra-estrutura, localizada no bairro de Ekuma, arredores de Ondjiva, tem capacidade para 70 camas, e vai prestar serviços de maternidade, consultas pré-natais, partos, planeamento familiar, cirurgia obstétrica, Pediatria e Ortopedia.
O hospital vai oferecer igualmente serviços de anatomia patológica, que permitem fazer biópsias e de laboratório de análises clínicas.
Quando entrar em funcionamento, vai descongestionar os serviços no Hospital de Ondjiva, onde, por falta de espaço, pacientes são internados nos corredores das enfermarias.

Tempo

Multimédia