Províncias

Hospital da Chibia precisa de enfermeiros

O hospital da Chibia necessita de 40 enfermeiros, para garantir o funcionamento da rede sanitária local e melhorar o atendimento à população, informou ontem o chefe da secção municipal de saúde, Sebastião António.

O hospital da Chibia necessita de 40 enfermeiros, para garantir o funcionamento da rede sanitária local e melhorar o atendimento à população, informou ontem o chefe da secção municipal de saúde, Sebastião António.
Sebastião António explicou que o município necessita destes técnicos para reforçar as diferentes unidades hospitalares espalhadas pelas quatro comunas da circunscrição, nomeadamente Capunda-Cavilongo, Jau, Quihita e sede municipal.
Referiu que a circunscrição precisa, no mínimo, de três técnicos destacados por cada posto de saúde, principalmente aos que se situam nas localidades mais longínquas. "Nós temos um programa já traçado que visa colocar nos postos mais distantes dois a três técnicos", disse, aguardando que sejam destacados mais enfermeiros.
Referiu igualmente, que o hospital carece de ambulâncias para evacuação de pacientes do interior do município para o centro hospitalar na sede municipal e desta última para o Lubango, apontou a malária, doenças respiratórias, diarreias agudas e cólera, como as doenças mais frequentes na localidade, adientando que a secção dispõe de medicamentos essenciais para o tratamento das enfermidades.
O município da Chibia tem uma rede sanitária composta por 22 unidades, das quais dois centros hospitalares e 20 postos de saúde, cujo funcionamento é garantido por 110 técnicos, dois dos quais médicos.

Tempo

Multimédia