Províncias

Hospital geral "17 de Setembro" internou milhares de pacientes

Casimiro José| Sumbe

O Hospital Geral 17 de Setembro do Sumbe internou, durante o ano de 2009, 15 mil pacientes com diversas patologias, registando-se o aumento de mais 4.418 em relação ao ano de 2008.

O Hospital Geral 17 de Setembro do Sumbe internou, durante o ano de 2009, 15 mil pacientes com diversas patologias, registando-se o aumento de mais 4.418 em relação ao ano de 2008.
Os dados foram anunciados pela directora clínica do hospital, Madalena Gouveia, durante a assembleia de trabalhadores do sector da Saúde, por ocasião dos cumprimentos de fim de ano.
Madalena Gouveia apontou a falta de condições e equipamentos dos centros e unidades hospitalares da periferia como a causa principal do êxodo que se registou em 2009, assinalando que “tem de se apostar muito a sério no sentido de se inverter a situação”.
Outra situação apontada prende-se com a necessidade de as autoridades sanitárias da província intensificarem campanhas de sensibilização das comunidades, para a observância dos cuidados de saúde e redução do grau de doenças.
De acordo com Madalena Gouveia, “deparamo-nos muitas vezes com situações que se traduzem na falta de higiene ou de cuidados primários de saúde e a cura torna-se demorada devido ao estado avançado que se apresentam.

Tempo

Multimédia