Províncias

Abandono de bebés preocupa autoridades

Juliana Domingos| Huambo

O aumento de casos de abandono de recém-nascidos  na maternidade do Huambo, por parte das progenitoras, alegando falta de condições para os sustentar, está a preocupar a Direcção Provincial  da Acção Social, da Família e Promoção da Mulher.

Fotografia: Domingos Cadencia | Edições Novembro

Nessa conformidade, a responsável  da instituição a nível local, Frutuosa de Jesus, pede o apoio de toda a comunidade no sentido de "se encontrarem soluções práticas para colocarmos fim a estes crimes”.
Frutuosa de Jesus   falava na segunda-feira na abertura de um seminário que decorreu sob o lema “Mulher an-golana rumo ao desenvolvi-
mento sustentável” e disse que o abandono de bebés é um fenómeno que não deve preocupar apenas o Gover-no. “Cada mãe deve assumir as suas responsabilidades quando coloca uma criança no mundo”, disse.
Frutuosa de Jesus  disse ser necessário a implementação de políticas concretas para melhorar as condições de vida das famílias, em geral, e das mulheres, em particular, “para  se dirimir tanto a fuga à paternidade, como à maternidade, como tem acontecido com tanta frequência na província”.

Tempo

Multimédia