Províncias

Abastecimento de água chega às aldeias isoladas

A Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social das Populações Vulneráveis (ADESPOV) está a levar a cabo um vasto programa de abertura de furos de água potável e melhoria do saneamento básico no município de Tchindjenje, no Huambo.

A Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social das Populações Vulneráveis (ADESPOV) está a levar a cabo um vasto programa de abertura de furos de água potável e melhoria do saneamento básico no município de Tchindjenje, no Huambo.
Para materializar o programa, o gestor do projecto na província do Huambo, Luís Ovídeo Messamessa, informou que a Organização Não Governamental está a investir, desde Abril deste ano, 31,547 milhões de kwanzas, financiados pela ONG internacional OXFAM.
O projecto tem a duração de três anos e nos últimos três meses já foram realizados oito furos e reabilitados três fontanários, que actualmente beneficiam 1.600 pessoas.
 Luís Ovídeo Messamessa disse que o programa de saneamento básico e abertura de furos está a ser desenvolvido para combater as principais patologias causadas pela falta de higiene e de água potável.
 O programa de abertura de furos e saneamento básico, disse, prevê ainda a educação moral e cívica dos beneficiários sobre as normas de higiene e a criação de latrinas.  O gestor da Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social das Populações Vulneráveis disse que, em 2010, foram abertos cinco furos de água potável, no município do Tchindjenje.

Tempo

Multimédia