Províncias

Abertas escolas primárias nos arredores do Huambo

Estácio Camassete | Huambo

O vice-governador do Huambo para o sector Político e Social inaugurou duas escolas nos bairros de São José Quilombo e São Bento, arredores da capital provincial.

Todos os ano aumenta o número de crianças no sistema normal de ensino
Fotografia: Jornal de Angola

Guilherme Tuluka disse estar claro o empenho do Governo Provincial no aumento da oferta de infra-estruturas escolares aos estudantes, para que estudem em melhores condições e num ambiente agradável, facilitando a sua assimilação.
A escola agora inaugurada no bairro São José era provisória e contava com três salas de aulas, com capacidade de receber 270 alunos. Com a sua requalificação e apetrechamento, conta agora com 20 e vai albergar mais de mil alunos, em dois turnos.
“A educação dos filhos começa na família, que deve continuar a auxiliar a escola na formação das crianças e o seu acompanhamento faz com que elas assimilem melhor”, salientou Guilherme Tuluka. O renovado estabelecimento de ensino dispõe, entre outras dependências, de gabinetes para o director e adjunto, sala de informática, sistema de videovigilância e está apetrechada com meios adequados para o ensino e aprendizagem.
A outra escola reabilitada, localizada no bairro São Bento, comuna Xavier Samakau, também tinha apenas três salas de aulas sem condições, e uma capacidade limitada a 400 alunos. Depois da requalificada, passou a ter 17 salas totalmente apetrechadas, gabinetes do director e adjunto, sala de informática, sistema de videovigilância e iluminação solar, e vai acolher mais de 1.800 alunos, em dois turnos. O director província da Educação, Manuel do Amaral, disse que uma das apostas do Governo é a inserção, a médio prazo, de todas as crianças no sistema de ensino.

Tempo

Multimédia