Províncias

ADRA apoia milhares de famílias camponesas

Um total de oito mil famílias camponesas dos municípios da Caála, Longonjo e Bailundo, na província do Huambo, foram capacitadas em técnicas agrícolas, desde 1991, pela organização não-governamental angolana Acção de Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA).

Actividade dos agricultores do Huambo ganhou outra dimensão nos últimos tempos
Fotografia: Pedro Miguel | Edições Novembro

Os dados foram divulgados ontem, no Huambo, pela directora local da ADRA, Maria de La-Salette, durante o 20º encontro das comunidades, referindo que este apoio foi dado através da instalação de escolas de campo, como meios para difundir as técnicas agrícolas, que concorrem para o aumento da produção e da produtividade.
A directora informou que as famílias camponesas foram organizadas em associações e cooperativas, tendo beneficiado, igualmente, de equipamentos de trabalho agrícola e acompanhamento técnico. Ainda durante o período em análise, a ADRA instalou, nos municípios da Caála, Longonjo e Bailundo caixas comunitárias de crédito, para financiar a actividade das famílias camponesas.
Quanto ao ambiente natural, Maria de La-Salette fez saber que a organização contribuiu, nestes 26 anos de existência, para o processo de repovoamento florestal, plantando 15 hectares de árvores diversas e mais recentemente instalou sistemas agro-florestais, onde foram também introduzidas árvores fruteiras.
Além destas acções, a organização promoveu várias sessões de educação ambiental nas comunidades das áreas abrangidas.
Ainda no conjunto das acções desenvolvidas, a responsável destacou a facilitação das comunidades ao acesso à informação e aos conhecimentos básicos de cunho jurídico, através de sessões de capacitação sobre as principais leis vigentes no país, contribuindo, desta forma, para um pleno exercício da cidadania.
Maria de La-Salette fez saber que a ADRA, no cumprimento das suas responsabilidades sociais, para a promoção do progresso das comunidades, promoveu aulas de alfabetização nas zonas rurais da província.

Tempo

Multimédia