Províncias

Agentes sociais do Longonjo vão ter acções de formação

Justino Victorino| Huambo

Funcionários públicos, líderes religiosos, autoridades tradicionais e outros agentes da sociedade civil do município do Longonjo, no Huambo, vão ter acções de formação durante este ano, num projecto da ONG americana “Visão Mundial”.

Funcionários públicos, líderes religiosos, autoridades tradicionais e outros agentes da sociedade civil do município do Longonjo, no Huambo, vão ter acções de formação durante este ano, num projecto da ONG americana “Visão Mundial”.
O coordenador do projecto, Miguel Cassule, disse que o programa, avaliado em mais de 400 mil euros, é um financiamento da União Europeia e visa ampliar os conhecimentos dos beneficiários sobre matérias que promovam o desenvolvimento do município do Longonjo. Com a duração de três anos, o projecto assenta, no essencial, na formação de agentes sociais para que eles próprios consigam criar actividades que defendam os direitos das comunidades, bem como ajudar a construir uma sociedade mais justa, aberta e democrática.
Segundo Miguel Cassule, os principais aspectos a serem abordados durante a formação vão estar relacionados com as políticas de incentivo ao aumento do nível de escolarização das comunidades e à promoção da igualdade de género.

Tempo

Multimédia