Províncias

Água potável chega a Belém

Justino Vitorino | Huambo

Mais de mil famílias dos bairros suburbanos de Casseque III e Belém do Huambo recorrem desde sexta-feira a dois novos sistemas de captação e distribuição de água potável.

Os novos sistemas de distribuição ajudam a encurtar a distância para acarretar água
Fotografia: Jornal de Angola

 Os novos sistemas funcionam com painéis solares e foram construídos no quadro do programa “Água para Todos”.  
O director provincial da Energia e Águas no Huambo, Jorge Andrade, disse que a inauguração de mais sistemas de captação e distribuição de água às localidades da província está entre as prioridade do Executivo. Com a construção dos sistemas de captação e tratamento de água, sublinhou o director, as populações agora sentem-se mais seguras e não correm o risco de consumir água imprópria.
Jorge Andrade disse que os novos sistemas de distribuição de água ajudam a encurtar a distância das povoações para acarretar água.

População aplaude

Os habitantes do sector de Casseque III e do Belém do Huambo aplaudiram os esforços do Governo por ter colocado à sua disposição os sistemas de água canalizada que de forma gradual ajudam a reduzir a probabilidade de doenças diarreicas nas comunidades. Kaita Fonseca, abordada pelo Jornal de Angola, disse que há muitos anos não consumia água de fontenários, socorrendo-se basicamente dos rios e cacimbas.
“Agora estamos mais seguros. Já não teremos problemas de água na localidade, situação que se agravava no período do cacimbo”, afirmou a moradora do bairro Casseque III, arredores do Huambo.
No âmbito do mesmo programa prevê-se a inauguração nos próximos tempos de mais 14 sistemas de distribuição de água na província do Huambo, segundo o director de Energia e Águas. Jorge Andrade disse que as acções em curso visam diminuir as doenças causadas pelo consumo de água imprópria.

Tempo

Multimédia