Províncias

Aldeias da Chipipa com água canalizada

Justino Victorino| Chipipa

As aldeias de Caiumbuca, Tandala e 1º de Maio, na comuna da Chipipa, passaram a ter água canalizada, com a instalação de três novos sistemas de captação, tratamento e distribuição.

A população deixa de recorrer aos rios e cacimbas em busca de água para o consumo
Fotografia: Justino Victorino| Chipipa

As infra-estruturas foram construídas no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP) do Governo do Huambo.
O administrador municipal do Huambo, João Sérgio Raul, garantiu que o programa “Água para Todos” vai ser extensivo a outras localidades, no quadro das grandes prioridades do Governo.
Com a concretização deste projecto, as populações deixam de consumir o produto extraído de rios e lagoas.
Sérgio Raul acrescentou que iniciativas do género levam também à criação de outros serviços essenciais básicos às populações do meio rural, como o fornecimento de energia eléctrica, fomento da actividade comercial e outros que o Governo do Huambo pretende concretizar ainda nos próximos tempos.
Durante a visita de campo, o administrador do Huambo procedeu também à entrega de kits de medicamentos às mulheres parteiras da aldeia de Tandala e material didáctico aos alunos daquele sector da comuna da Chipipa.
O soba da aldeia Tandala, Cipriano Valela, exortou as populações das localidades que beneficiaram de serviços, no sentido de preservarem os bens colocados à sua disposição para que os mesmos tenham maior tempo de vida útil.
Até agora, naquela parcela do país já foram construídos 163 sistemas de captação, tratamento e abastecimento de água canalizada, 381 chafarizes, 16 fontenários, 69 bicas e 1.384 manivelas, disse o soba.

Tempo

Multimédia