Províncias

Aldeias do Lépi contam com mais água potável

Mais de trezentas famílias das aldeias de Luco Novo e Jilacalimi II, na comuna do Lépi, quarenta e seis quilómetros da cidade do Huambo, contam, desde domingo, com mais água potável, na sequência a inauguração de três sistemas de captação e distribuição.

Foram inaugurados mais três sistemas de distribuição
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

As infra-estruturas, construídas pela ONG americana Visão Mundial, em parceria com a Administração Municipal, foram inauguradas no âmbito do programa comemorativo do  108º aniversário da comuna do Lépi.
Na cerimónia de inauguração, o administrador municipal do Longonjo, João Sérgio Raúl, disse à Angop que a construção de pontos de água será extensiva a todas as aldeias da comuna.
Por seu turno, o responsável de projectos de água e saneamento da Visão Mundial, Jaime Elias, disse que outros quinze pontos de água serão concluídos dentro de um mês, em comunidades da vila do Longonjo. Actividades culturais, desportivas e recreativas marcaram as festividades alusivas ao dia da vila do Lépi, assinalado sexta-feira. Lépi tem mais de 26 mil habitantes.

Tempo

Multimédia