Províncias

Alunos aprendem a prevenir a cólera

Tatiana Marta | Huambo

A direcção provincial da Saúde, em colaboração com o sector da Educação, está a levar a cabo várias campanhas de esclarecimento sobre os cuidados a ter com a cólera a nível das escolas do primeiro e segundo ciclos do ensino primário no Huambo.

O responsável da Educação para a área da saúde escolar, Clemente Tchipa, disse na sexta-feira que o objectivo das campanhas é informar os alunos e crianças sobre os riscos da cólera, a importância de manter saudável o ambiente e os métodos de prevenção da doença.
O ciclo de campanhas, que começou na escola nº 34, na zona da Cidade Alta, vai prolongar-se por tempo indefinido, para abranger o maior número de escolas da província do Huambo e ajudar a proteger as crianças de doenças perigosas. Além de palestras contra a cólera, os dois órgãos governamentais realizam também acções relacionadas com a protecção da cárie dentária, através da explicação dos hábitos que devem ter em termos de higiene oral e outros cuidados de saúde.
A supervisora provincial da Saúde Escolar, Isabel Antónia Sova, disse que a escolha do tema tem a ver com o aumento de casos de cólera registados na província de Benguela.

Prevenção da dengue />
A situação epidemiológica da cólera é preocupante, sobretudo nas zonas rurais, daí a necessidade de se continuar a reforçar as acções de prevenção junto das populações. Por outro lado, o  coordenador provincial de luta contra a malária, Amândio Natito, garantiu que a província do Huambo está preparada para dar respostas a eventuais casos de dengue.
O especialista disse que já foram feitos alguns ensaios e uma equipa de técnicos está destacada no aeroporto Albano Machado, desde o princípio do mês de Abril, com vista a controlar as pessoas que entram e saem da cidade.
Está prevista a colocação de anúncios publicitários nas ruas e em lugares de maior aglomeração populacional do Huambo, além de um encontro com estudantes do primeiro ano do curso de Medicina, para a troca de experiências, segundo Amândio Natito. A dengue é uma doença muito antiga, salientou Amândio Natito, por isso gizou-se um programa específico para que se tenha um controlo da mesma.

Tempo

Multimédia