Províncias

Árvores de várias espécieis plantadas no Londuimbali

Pelo menos 11.200 árvores de diversas espécies foram plantadas no mês de Janeiro na comuna do Bimbe, a 65 quilómetros da vila municipal do Bailundo, e na vila municipal do Londuimbali, a 92 quilómetros da cidade do Huambo, numa iniciativa do Instituto local de Desenvolvimento Florestal (IDF), em parceria com as administrações municipais destas localidades.

Pelo menos 11.200 árvores de diversas espécies foram plantadas no mês de Janeiro na comuna do Bimbe, a 65 quilómetros da vila municipal do Bailundo, e na vila municipal do Londuimbali, a 92 quilómetros da cidade do Huambo, numa iniciativa do Instituto local de Desenvolvimento Florestal (IDF), em parceria com as administrações municipais destas localidades.
O responsável do IDF, Andrade Moreira Bahu, disse à Angop, no Huambo, que a plantação destas árvores se insere num amplo programa traçado pela instituição, que visa não apenas o repovoamento florestal em todas as localidades desta província, mas também a criação de novas áreas florestais.
Informou que este ano o IDF está a envolver as administrações municipais e comunais no processo de plantio de árvores para que estas (as administrações) se encarreguem da protecção e conservação das florestas que estão a ser criadas.
“Nós, o IDF, apenas cedemos os técnicos e as plantas. A preparação do terreno e o cuidado das plantas ficam sob responsabilidade das administrações. Pensamos que esta é uma forma de envolvermos a sociedade civil na protecção e preservação dos perímetros florestais”, realçou.
Andrade Moreira Bahu afirmou que para o mês de Março está prevista a plantação de 3.200 plantas nas comunas do Mbave e Sambo, no município da Tchikala-Tcholohanga, estando neste momento as respectivas administrações comunais a preparar os terrenos onde vão ser plantadas as árvores.

Tempo

Multimédia