Províncias

Asfaltada estrada Calussinga-Mungo

Automobilistas que circulam no troço rodoviário entre Calussinga e Mungo, na estrada nacional 360, na via que liga as províncias do Bié ao Huambo, estão satisfeitos com os trabalhos realizados na estrada, facto que está a proporcionar maior fluidez no trânsito.

Fotografia: Arquivo JA

Júlio Gomes, residente na província do Bengo, um dos automobilistas que utiliza com regularidade este troço, disse que com a colocação do novo asfalto, a circulação está a ser feita em melhores condições, em apenas 40 minutos, contra as sete horas anteriores. Por sua vez, Artur Chicomo, taxista que faz o trajecto entre a localidade de Calussinga e Huambo, manifestou-se satisfeito com a execução do projecto e apelou aos automobilistas para preservarem a via, que em muito vai contribuir para o desenvolvimento das duas províncias.

Escoamento de bens


O administrador municipal do Andulo, Moíses Américo Cachipaco, afirmou que esta via está a facilitar a vida dos habitantes das duas províncias, porque deixaram de percorrer longas distâncias ou circularem em vias impróprias, para chegarem aos seus destinos.
Com a abertura da via entre Calussinga e Mungo os condutores provenientes do Andulo e Nharêa podem agora chegar à província do Huambo e ao município do Lobito sem terem de passar pelo Cuíto, capital da província do Bié. As obras tiveram início em Setembro de 2011 e foram concluídas em Março deste ano. A estrada está a facilitar o escoamento de bens agrícolas

Tempo

Multimédia