Províncias

Aterro sanitário ainda neste ano

Justino Vitorino |Huambo

Os municípios do Huambo e da Caála vão passar a ter, nos próximos meses, um aterro sanitário, em construção no sector de Catenguenha.
Iniciada em Outubro de 2011, numa área de 100 hectares, a obra insere-se no programa do Governo Provincial de reaproveitamento de resíduos sólidos e saneamento básico das cidades do Huambo e da Caála.

Os municípios do Huambo e da Caála vão passar a ter, nos próximos meses, um aterro sanitário, em construção no sector de Catenguenha.
Iniciada em Outubro de 2011, numa área de 100 hectares, a obra insere-se no programa do Governo Provincial de reaproveitamento de resíduos sólidos e saneamento básico das cidades do Huambo e da Caála.
 O vice-governador provincial para o sector político e social, Guilherme Tuluca, que foi ver o andamento das obras, afirmou que um dos objectivos da construção do empreendimento prende-se com as aspirações dos munícipes do Huambo de tornar a província a capital ecológica do país.
 Ainda na sua primeira fase, os trabalhos de construção do aterro sanitário, que neste momento registam avanços significativos, foram considerados positivos pelo vice-governador.
O chefe de projectos do Governo Provincial, Francisco Neto, disse que estão em curso, nesta primeira fase, trabalhos de abertura das valas, para o aterro do lixo já existente no local, para permitir a montagem dos equipamentos vocacionados para o tratamento dos resíduos sólidos.
 A segunda fase vai consistir na construção de algumas infra-estruturas de gestão do referido aterro sanitário.
A população das referidas localidades continua a ser aconselhada no sentido de depositar o lixo em locais apropriados.

Tempo

Multimédia